HISTÓRIA

FUNDAÇÃO

Fundada no dia 23 de outubro de 1963 pelo Padre Luís Luise e mais 32 agricultores imigrantes dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, a Copacol (Cooperativa Agroindustrial Consolata) surgiu com o objetivo de oferecer aos produtores da região possibilidades de crescimento e melhoria da agricultura. Nessa época, a Copacol construiu uma usina nos seus primeiros anos de funcionamento para levar energia elétrica às residências de Cafelândia.

 

 

 

AGRICULTURA

Após seis anos de atuação na produção e distribuição de energia elétrica (1963 a 1969), a Cooperativa foi desmembrada deste setor para atender especificadamente a agricultura, que na época se destacava na produção de feijão, arroz, milho e café. Diante do forte crescimento do setor agrícola foi construído o primeiro armazém da Copacol para o recebimento da produção de grãos dos associados.

 

AVICULTURA

No início da década de 80, sentindo a necessidade de oportunizar aos seus associados uma alternativa a mais de renda, a Copacol implantou o sistema integrado para a produção de aves.

 

No começo eram abatidas por mês, menos do que hoje a Cooperativa abate em apenas um dia.

SUINOCULTURA E BOVINOCULTURA DE LEITE

Ainda na década de 1980, a Copacol obteve uma quota da Cooperativa Central Frimesa, o que possibilitou aos produtores mais uma opção de diversificação através da suinocultura e da bovinocultura de leite.

 

Além disso, os bovinocultores que não podiam arcar com os altos custos do gado para recria, contavam com o programa de inseminação artificial da Cooperativa.

PISCICULTURA

A Copacol colocou em atividade em 2008, um dos maiores complexos integrados de peixes do país, instalado no município de Nova Aurora. O constante crescimento da atividade demonstra a satisfação da Copacol e dos produtores com o negócio que agrega bons resultados para toda a cadeia produtiva e fortalece a Cooperativa e as famílias de associados e colaboradores. Assim como em outros segmentos, a Copacol já é uma marca de qualidade reconhecida em todo o Brasil na industrialização do pescado.

 

Visando um mercado mais competitivo, a Copacol também comercializa com a sua marca outros peixes de água salgada que compõem a Linha Mar, como: Abadejo, Cação, Camarão, Sardinha, Merluza e o Salmão.

QUALIDADE

Prezando pela segurança alimentar dos produtos que comercializa, respeitando as culturas e valorizando a qualidade de vida de todas as pessoas, a Copacol há 30 anos atua no mercado externo na comercialização de produtos a base de frango em cinco continentes. Somando todas as suas atividades, a Cooperativa alcançou um faturamento de mais de R$ 2,5 bilhões em 2014.

 

Os investimentos tecnológicos da Copacol no processo de incubação dos ovos, assistência técnica avançada, abate, industrialização e comercialização, aliado às certificações ISSO 9001, BRC- Produtos Alimentícios e APPCC/HACCP- Analise de Perigos e Pontos Críticos de Controle, certificam a Copacol não apenas como uma indústria apta a produzir alimentos, mas como uma empresa especializada e segura para atender demandas do mundo inteiro, incluindo os mercados mais exigentes como o da Europa e da Ásia.

RESULTADO

Como resultado de todo esse processo de integração e organização e focada no crescimento sustentável, a Copacol conta atualmente com 11 unidades para recebimento e armazenagem de grãos na região Oeste do Paraná. Também tem cinco filiais de vendas para a comercialização de seus produtos a base de frango e peixe em todo o território nacional.

 

A Cooperativa conta hoje com pouco mais de 5 mil associado e cerca de 8 mil colaboradores diretos. A atuação da empresa é vista com carinho e admiração pelos clientes, parceiros e consumidores e com orgulho pelos associados e colaboradores. Essa energia faz a Copacol ser hoje uma Cooperativa reconhecida na produção e comercialização de grãos e de alimentos.