HISTÓRIA

A COPACOL

Comemorando em 2013 50 anos, a Copacol (Cooperativa Agroindustrial Consolata), com sede em Cafelândia, cresce a olhos vistos. Com mais de 4,8 mil associados e mais de 7,2 mil colaboradores, a Cooperativa abate hoje 340 mil aves e mais de 30 toneladas de tilápia ao dia, além de proporcionar a seus associados e colaboradores qualidade de vida e crescimento profissional.

Ao longo de sua história, a Cooperativa vem ampliando seus negócios em busca da sustentabilidade. A empresa conta desde 2009 com o seu Propósito Estratégico chamado G.P.S. 2.5.25. Nele a Copacol traçou metas de crescimento em cinco anos, considerando três pontos centrais: Geração de Receitas, com meta de alcançar R$ 2 bilhões em faturamento; Produtividade, com meta de obter a rentabilidade de 5%; e Sustentabilidade, com meta de capacitar e treinar 25 mil participantes em programas de desenvolvimento.

Com o objetivo traçado, a Copacol vem, diariamente ampliando seu mix de atividades e produtos. Dentre seus principais projetos, a Cooperativa colocou em atividade em janeiro de 2012, a Unidade Industrial de Soja, com capacidade para esmagar 1.800 toneladas de soja por dia, com geração de 60 empregos diretos. O investimento de R$ 80 milhões torna a Copacol autossuficiente na produção de óleo e farelo de soja, que são utilizados em suas fábricas de rações.

Buscando oferecer novas oportunidades no campo para os associados, a geração de empregos e o fortalecimento dos municípios de sua região, a Copacol em parceria com a Cooperativa Coagru instituiu a Unitá Cooperativa Central, em Ubiratã-PR. Juntas as cooperativas projetaram em 2013 a inauguração do Abatedouro de Aves com capacidade de abate inicial de 160 mil cabeças ao dia, com projeção de ampliação para o abate de 320 mil aves ao dia a partir de 2015.

Hoje, 60% da capacidade de abate de carne de frango da Copacol são destinadas ao mercado interno e 40% atendem consumidores de mais de 40 países. Com certificações ISO 9001, BRC – Produtos Alimentícios e APPCC/HACCP – Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle, os produtos da Copacol atendem os mercados mais exigentes como Europa e Ásia.

FUNDAÇÃO

Fundada no dia 23 de outubro de 1963 pelo Padre Luís Luise e mais 32 agricultores imigrantes dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, a Copacol (Cooperativa Agroindustrial Consolata) surgiu com o objetivo de oferecer aos produtores da região possibilidades de crescimento e melhoria da agricultura. Nessa época, a Copacol construiu uma usina nos seus primeiros anos de funcionamento para levar energia elétrica às residências de Cafelândia.

 

 

 

AGRICULTURA

Após seis anos de atuação na produção e distribuição de energia elétrica (1963 a 1969), a Cooperativa foi desmembrada deste setor para atender especificamente a agricultura, que na época se destacava na produção de feijão, arroz, milho e café.  Diante do forte crescimento do setor agrícola foi construído o primeiro armazém da Copacol para o recebimento da produção de grãos dos associados.

 

A força do trabalho e a dedicação dos pioneiros fizeram com que a Copacol crescesse e alcançasse grandes patamares de produção. A Cooperativa fechou 2012 com o recebimento de cerca de 800 mil toneladas e para 2013 a projeção de recebimento é de 900 mil. Assim como outras atividades, a agricultura também vive um constante crescimento. Entre as principais culturas atualmente destacam-se a soja, o milho e o trigo.

 

AVICULTURA

No início da década de 80, sentindo a necessidade de oportunizar aos seus associados uma alternativa a mais de renda, a Copacol implantou o sistema integrado para a produção de aves.

 

No começo eram abatidas por mês, menos do que hoje a Cooperativa abate em apenas um dia. Atualmente são em torno de 340 mil aves abatidas ao dia.

São 825 produtores integrados, 1.057 aviários. Em parceria com a Unitá, a Copacol está viabilizando a construção de mais 450 mil metros quadrados em aviários e projeta o abate de 490 mil cabeças ao dia até 2017.

 

Hoje a avicultura é a atividade que mais se destaca na Copacol. Além de contribuir com 60% do faturamento da Cooperativa, o sistema oportuniza emprego e renda para famílias de vários municípios da região, bem como para famílias de associados que atuam na integração.

 

SUINOCULTURA E BOVINOCULTURA DE LEITE

Atualmente são entregues à Frimesa 17 mil cabeças de suínos ao mês, produzidas por 111 associados. Com a ampliação da UPL (Unidade de Produtora de Leitões) de Carajás no Município de Jesuítas, de 2.700 matrizes para 4.200, e com a UPL de Formosa do Oeste que conta com 4.200 matrizes, a Copacol em 2012 ampliou a capacidade de produção de leitões para 16 mil cabeças ao mês. O aumento do número de matrizes e de leitões possibilitou a ampliação da integração com abertura de 35 novas pocilgas em 2012.

Na bovinocultura leiteira são 800 mil litros de leite ao mês, produzidos por 169 produtores. Para fortalecer ainda mais o cooperado e aumentar a capacidade de produção de leite, a Copacol implantou recentemente a UPBN (Unidade Produtora de Bezerras e Novilhas).  São 308 bezerras alojadas pelo período de dois anos e devolvidas aos produtores em fase de reprodução.

PISCICULTURA

A Copacol colocou em atividade em 2008, um dos maiores complexos integrados de peixes do país. Instalado no Município de Nova Aurora, o frigorífico hoje abate mais de 30 toneladas de tillápias ao dia. Para 2015 a projeção é de 40 toneladas/dia. O constante crescimento da atividade demonstra a satisfação da Copacol e dos produtores com o negócio que agrega bons resultados para toda a cadeia produtiva e fortalece a Cooperativa e as famílias de associados e colaboradores. Assim como em outros segmentos, a Copacol já é uma marca de qualidade reconhecida em todo o Brasil na industrialização do pescado.

 

Visando um mercado mais competitivo, a Copacol também comercializa com a sua marca outros peixes de água salgada que compõem a Linha Mar, como: Abadejo, Cação, Camarão, Sardinha, Merluza e Salmão.

QUALIDADE

Prezando pela segurança alimentar dos produtos que comercializa, respeitando as culturas e valorizando a qualidade de vida de todas as pessoas, a Copacol completa 30 anos de atuação no mercado externo na comercialização de produtos a base de frango em cinco continentes. Somando todas as suas atividades, a Copacol alcança um faturamento de R$ 1, 388 bilhão ao ano, com previsão de R$ 2 bilhões para 2013.

 

Os investimentos tecnológicos da Copacol no processo de incubação dos ovos, assistência técnica avançada, abate, industrialização e comercialização, aliado às certificações ISO 9001, BRC – Produtos Alimentícios e APPCC/HACCP – Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle, certificam a Copacol não apenas como uma indústria apta a produzir alimentos, mas como uma empresa especializada e segura para atender demandas do mundo inteiro, incluindo os mercados mais exigentes como o da Europa e da Ásia.

RESULTADO

Como resultado de todo esse processo de integração e organização e focada no crescimento sustentável, a Copacol conta atualmente com 10 unidades para recebimento e armazenagem de grãos na região Oeste do Paraná, onde serão recebidas mais de 900 mil toneladas de grãos em 2013, principalmente das culturas de soja, milho e trigo, além de contar com cinco filiais de vendas para a comercialização de seus produtos a base de frango e peixe em todo o território nacional.

 

A Copacol conta hoje com pouco mais de 4,8 mil associados e mais de 7,2 mil colaboradores diretos, refletindo num faturamento de R$ 1,6 bilhão em 2012 e cumprindo com sua responsabilidade social, distribuiu aos associados R$ 21 milhões neste mesmo ano.

 

A atuação da Cooperativa é vista com carinho e admiração pelos clientes, parceiros e consumidores e com orgulho pelos associados e colaboradores. Essa energia faz a Copacol ser hoje uma Cooperativa reconhecida na produção e comercialização de grãos e de alimentos.