02/02/2018 Unidade de Formosa do Oeste completa 42 anos

Cooperados, colaboradores, pioneiros, diretoria e convidados se reuniram na manhã de ontem, dia 1º de fevereiro, para comemorar os 42 anos de inauguração da Unidade de Recebimento e Armazenagem de Cereais de Formosa do Oeste.


Em uma solenidade repleta de lembranças de uma trajetória de muito trabalho, desenvolvimento e evolução, a comemoração enalteceu os investimentos da Cooperativa e formação de um quadro social responsável pela geração de 213 empregos na cidade, colaboradores que exercem as suas funções na Unidade, no Copacol Supermercado, UPL (Unidade de Produção de Leitões) e CD (Centro de Distribuição).

O presidente da Cooperativa Valter Pitol, agradeceu a contribuição de todas as pessoas para o desenvolvimento da Cooperativa e também pela confiança e parceria ao longo destes anos.

“Chegamos até aqui porque trabalhamos todos juntos. Em todos esses anos conquistamos resultados surpreendentes e significativos para região, que está crescendo junto com a Copacol. São 42 anos produzindo com dedicação e qualidade e por isso estamos aqui celebrando esta história”, destaca Pitol.


Crescimento

Na época em que a Unidade foi inaugurada, a produção de algodão e café eram as opções dos produtores, que viram através da Cooperativa, a melhor alternativa de negócio.

Após a construção do entreposto, em 1990, o município recebia um armazém de algodão. Alguns anos depois, vendo o crescimento populacional e a necessidade dos moradores, a Copacol realizou investimentos em uma loja de Supermercado, inaugurada em dezembro de 1997 e reinaugurado em 2015.

Em 2010, a Unidade de Produção de Leitões (UPL) somou forças com o que a cidade já operava e deu mais um salto para o desenvolvimento, inaugurando em 2013, o Centro de Distribuição (CD) de produtos com a Marca Copacol.


Recebimento

Com os altos investimentos realizados, por parte da Cooperativa, foi possível registrar o maior volume de cereais recebidos pela unidade no ano de 2017, com mais de 1 milhão de sacas de soja e aproximadamente 1,336 milhões de sacas de milho.