09/10/2019 Ei mulher, se toca

O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década 90, para estimular a participação das mulheres no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre a doença e assim promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce da mesma. Considerado um dos tipos de câncer mais comum entre as mulheres no Brasil, o câncer de mama responde hoje por aproximadamente 25% dos casos novos a cada ano.

E com o intuito de minimizar este número, a Copacol aderiu à campanha que conscientiza as mulheres presentes na Cooperativa, por meio da palestra realizada hoje, dia 9, pela médica coordenadora do PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), Carla Jaqueline Camillo Pitol.

“Esta atenção não deve se restringir apenas ao mês de outubro. Ela precisa ser estendida com cuidados durante todo o ano e nós mulheres somos as principais responsáveis por avaliar nossas condições de saúde. É possível diagnosticar a doença precocemente por meio do autoexame por exemplo”, explica a Carla.

A ação reuniu dezenas de mulheres na Sala Cooperação, em anexo ao GP (Gestão de Pessoas). Além de evidenciar a importância do autoexame, ou seja o toque, a médica ainda mencionou os demais cuidados que as mulheres precisam ter em relação a prevenção do câncer em outras partes do corpo.

SAC: 0800 451313
De segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h30
Desenvolvido porBRSIS |T12