Portal do Agronegócio

Agricultura

Atuando em uma região de alto potencial agrícola, a Copacol em parceria com os seus cooperados produz soja, milho e trigo em uma área de 190 mil hectares na região Oeste do Paraná. Além disso, recentemente a Cooperativa expandiu sua atuação para o Sudoeste do Estado, nas cidades de Capanema, Pranchita e Pérola do Oeste, ampliando a sua capacidade estática de armazenagem de grãos para 1.080 mil toneladas.

Atualmente, a Cooperativa possui 19 Unidades de recebimento e armazenagem de grãos, cujo recebimento é de mais de 1,2 milhões de toneladas por ano. Por conta deste aumento nas produtividades, além das aquisições e construção de novas unidades, diversos outros investimentos foram realizados nas estruturas da Copacol, como moegas, secadores e silos de armazenagem, agilizando o recebimento e garantindo a armazenagem e comercialização da produção dos cooperados.

Para processar toda a matéria prima recebida, a Copacol possui uma Unidade Industrial de Soja (UIS), que esmaga atualmente 32 mil sacas de soja ao dia. O farelo e óleo produzidos atende toda a demanda das fábricas de rações da Cooperativa destinadas às atividades de produção animal, como a avicultura, suinocultura, piscicultura e bovinocultura de leite.

CPA Copacol

Oferecer tecnologia e desenvolvimento aos seus cooperados é uma das premissas da Copacol. Por isso, para atender a demanda da área agrícola de aumento da produtividade, a Copacol conta com um amplo e moderno Centro de Pesquisa Agrícola (CPA).

Localizado em Cafelândia, conta com uma área de 84 hectares onde são conduzidas mais de 10 mil parcelas experimentais por ano a nível de campo, além de serem realizados mais 6 mil análises de controle de qualidade de semente e de fertilizantes por ano, incluindo testes de germinação, vigor, tetrazólio e sanidade das sementes, testes de resistência de pragas e doenças, e aferição dos níveis de nutrientes dos fertilizantes comercializados.

Credenciado pelo MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), o CPA conta com estrutura para pesquisa e uma equipe de mestres em agronomia que contribui com a geração de informações para o aumento da eficiência no campo. Estes credenciamentos permitem estudos de novas moléculas ainda não liberadas, o que garante maior segurança na recomendação desses produtos quando liberados para comercialização.

Além disso, o CPA participa de redes de pesquisa oficiais em parcerias público privadas, como, por exemplo, as redes de avaliação de fungicidas para soja, o milho e de inseticidas para o percevejo marrom. Todos estes trabalhos evidenciam o Centro de Pesquisa da Copacol como um polo de produção cientifica e tecnológica na região Oeste do Paraná.

O foco de todas as pesquisas realizadas é o aumento da produtividade e a redução de custos da produção agrícola, garantindo rentabilidade para os cooperados, bem como a sustentabilidade do sistema produtivo. Além disso, estas pesquisas têm por objetivo manter a equipe agronômica da Copacol atualizada sobre as novas tecnologias disponíveis na agricultura.

Todas as informações obtidas através das pesquisas e estudos desenvolvidos pelos pesquisadores e de toda equipe que atua no CPA, são levadas aos cooperados pela equipe agronômica e também através dos eventos técnicos, como Dias de Campo, Seminários Técnicos e no CPAgro e potencializadas no campo através de projetos para aumento da produtividade.

Produtividade Excelência 460

Focada em seu novo Propósito Estratégico RG Copacol, para acompanhar os avanços tecnológicos e alcançar novos patamares de produção grãos, a Cooperativa lançou em 2019, o projeto ?Produtividade Excelência 460?.

Este novo desafio tem o objetivo de elevar a produção dos cooperados para 180 sacas de soja por alqueire e 280 sacas de milho por alqueire, primando sempre pela qualidade em todos os processos da Cooperativa e dos serviços da oferecidos aos cooperados.

SAC: 0800 451313
De segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h30